ÚLTIMA INSTÂNCIA:

O Brasil precisa de mais advogados e menos engenheiros?Clique e leia

ÚLTIMAS POSTAGENS

Ver mais artigos

30/10/2014

HOMEM QUE AMEAÇOU MATAR A PRESIDENTE DILMA VAI SER INVESTIGADO PELO MPF

Um oficial da reserva do Exército Brasileiro causou polêmica nas redes sociais ao postar uma foto usando uniforme e segurando um objeto semelhante a uma bala, acompanhado de uma mensagem dirigida à presidente Dilma Rousseff. "Dilma... Essa é pra vc... Eu estou pronto! Só esperando o toque da corneta", escreveu Renato Paschoal Fernandes, de 34 anos, em sua página pessoal no Facebook, que foi deletada assim que o caso ganhou repercussão.

Nas redes sociais, usuários compartilharam capturas de tela com a foto e postaram mensagens dizendo que Fernandes seria tenente do Exército. Em alguns dos comentários, internautas sugeriam que ele fosse denunciado ao Ministério Público Federal (MPF) por ameaçar a presidente.

Renato Fernandes conversou com a reportagem de O TEMPO e confirmou ter feito a postagem em sua página pessoal no dia 26 de outubro. Ele confirmou também que aparece na foto, tirada há alguns meses, segurando um chaveiro em forma de munição, mas negou ter tido a intenção de fazer qualquer tipo de ameaça à presidente Dilma Rousseff. “Meu Facebook era particular, eu posto muita coisa de brincadeira, nunca deu repercussão de nada. Obviamente, não foi uma coisa legal o que eu coloquei, é ambígua a foto, mas eu não sou terrorista, nunca fiz mal a ninguém”, explicou.

FOTO

Ele disse que a mensagem e a foto foram publicadas num contexto de brincadeira entre amigos e que quando a postagem se espalhou pela internet, as pessoas entenderam errado. “Não sei mexer nessas coisas de privacidade. Essa foto, alguém pegou e publicou de maneira irresponsável. Eu queria me retratar perante as pessoas que confundiram essa mensagem”, disse.

Fernandes confirmou que nunca serviu o Exército e que aparece usando o uniforme de uma associação de oficiais de reserva da qual fazia parte. Ele disse à reportagem de O TEMPO que procurou a polícia para registrar a ocorrência, já que após o incidente, ele e sua família sofreram ameaças. Fernandes também contratou um advogado para tomar providências sobre o caso. “É lógico que a intenção não foi essa (de ameaçar a presidente), foi uma coisa até boba, aumentaram muito a situação”, disse o homem, que atualmente estuda para prestar concursos.

A reportagem de O TEMPO entrou em contato com a assessoria de comunicação do Exército, que informou que Renato Fernandes prestou serviço militar iniciante em 1998, quando fez o Curso de Preparação de Oficiais da Reserva (CPOR) de Belo Horizonte, e nunca serviu efetivamente à corporação. Sobre o objeto que aparece nas mãos de Fernandes na foto, o Exército confirmou que não se trata de munição.

O Ministério Público Federal (MPF) confirmou que recebeu denúncias sobre a postagem e que todas elas serão investigadas.

Fonte: IG

BIGAMIA É PARA OS FRACOS! HOMEM TINHA 4 ESPOSAS, SETE NOIVAS E 5 NAMORADAS

A polícia de Viena, na Áustria, prendeu o homem que bateu todos os recordes de bigamia e infidelidade do país. Sonko Tijan tinha quatro esposas, sete noivas e cinco namoradas ao mesmo tempo. Uma das esposas, que estava grávida, encontrou uma foto de um casal feliz, em que o marido parecia com o dela no Facebook.

As mulheres dele tinham de 22 a 44 anos. A austríaca Sonja Maier, que encontrou a foto, contou ao jornal Metro que quando viu a foto, pensou que o marido tinha um irmão gêmeo. “Nunca pensei que ele me traía”, disse. As duas mulheres começaram a trocar mensagens e foram descobrindo a farsa. Sonko Tijan, que é da Gâmbia, também tinha uma esposa e família em seu país de origem.

bigamia

A polícia acredita que ele pode ter tido relações com mais mulheres. Segundo o sargento Patrick Maierhofer, ele sempre usava as mesmas táticas e pedida ajuda financeira para as mulheres. “Ele olhava para as mulheres em bares de forma encantadora e atenciosa. Ele também fascinava elas com histórias fantasiosas sobre sua terra-natal na África e como ele tinha fugido de guerras terríveis, deixando sua família para trás”, contou o sargento.

Fonte: TabloideBR

CHAMEI MINHA NAMORADA DE MACACA E DEPOIS DEI PORRADA NELA. E AGORA, O QUE EU FAÇO?

Esse pessoal é muito fanfarrão mesmo…

Recebi essa imagem de um leitor do NED que pediu pra não se identificar. Nosso leitor estava um tanto quanto revoltado com a declaração abaixo.

Pediu pra postarmos a “foto”  e também queria que nós, do NED (uma página de humor) fizéssemos uma denúncia quando ao que foi relatado.

Mas ó… primeiramente, nós não vamos denunciar nada, segundamente, tá na cara que isso é uma brincadeira.

pergunta

Aí vai de vocês, avaliarem se foi uma brincadeira engraçada ou não…

DIÁRIO DE UMA DOUTORA - PROCRASTINO, NÃO NEGO... FAÇO QUANDO PUDER

Faaaaaaaaaaala, meuzamiguinho e minhazamiguinha! Tudo bem com vocês? Só queria passar aqui para assumir para toda a sociedade: EU SOU UMA PROCRASTINADORA.

Não dizem que assumir os vícios e os maus hábitos seria o primeiro passo para uma recuperação? Então é isso! Vou fazer parte dos “Procrastinadores Anônimos” e vou carregar como lema: “só por hoje eu não procrastinei!”.

Ah, pra quem não sabe do que eu estou falando (porque não está ligando o nome à pessoa ou porque essa palavra não existe em seu vocabulário), darei aqui uma definiçãozinha que está na Wikipedia: “Procrastinação é o diferimento ou adiamento de uma ação. Para a pessoa que está a procrastinar, isso resulta em stress, sensação de culpa, perda de productividade e vergonha em relação aos outros, por não cumprir com a suas responsabilidades e compromissos. Embora a procrastinação seja considerada normal, torna-se um problema quando impede o funcionamento normal das ações. A procrastinação crônica pode ser um sinal de problemas psicológicos ou fisiológicos. A palavra em si vem do latim, procrastinatus: pro- (à frente) e crastinus (de amanhã). (...) Logo, um procrastinador é um indivíduo que evita tarefas ou uma tarefa em particular”.

E aí? Você se identificou? Então toca aqui! E quando você advoga? Pois é, meus queridos... isso é enlouquecedor, sabia? Porque faz eu viver ali, no limiar de ter um ataque do coração por perder um prazo, tomar uma revelia, me ferrar de verde e amarelo e foder a porra toda.

No começo desta semana, eu tinha uma audiência na parte da manhã, no Juizado Especial Cível. Saí de casa até bem antes, só que sem ter imprimido toda a documentação necessária. E aí que é complicado envolver “impressoras” e “tempo” numa mesma frase. Impressoras são aparelhos extremamente temperamentais e sensíveis. Elas têm o dom de perceber que você está sob pressão de tempo e tensão e que precisa que elas desenvolvam um trabalho rápido e eficiente. E aí o que elas fazem? As safadas param! Simplesmente recusam-se a cumprir sua função e você fica ali, desesperada, louca, arrancando os cabelos e pensando no porquê de ter demorado pra imprimir o que precisava.

A audiência começaria às 10:25 e eu estava na sala dos advogados do fórum, por volta das 10:00, já começando a imprimir o que eu precisava. E não, minha gente, não era uma quantidade absurda de páginas. Seriam umas 20, no máximo. E a bichinha começou a enroscar o papel. Depois ela não atendia ao comando. Eu pedia para imprimir e ela só ficava piscando. E o tempo ia passando, lindo e implacável como sempre foi.

amanha

E eu lá, às 10:20, tentando imprimir alguns documentos que faltavam. Porque ela foi soltando uns outros, no tempo dela, ali, toda devagar, e dando um tapa na minha cara procrastinadora. Nunca deixe uma impressora perceber que você precisa dela... jamais! Não a olhe nos olhos (luzes), não deixe que ela capte seu desespero e pressa... seja mais esperto que ela... blefe. Finja que não precisa daquilo tanto assim, se faça de besta e será a melhor coisa que você fará na sua vida. Percebi que ela não imprimiria mais nada e a minha audiência estava a ponto de começar, então saí correndo, psicoticamente, pelo fórum, atravessei a rua e andei mais alguns metros até chegar na casa do advogado para tentar imprimir os documentos faltantes. E, olha, naquele momento eu percebi também o quanto estou fora de forma, sedentária e com um pique de uma senhora de uns 86 anos tabagista e asmática. Cheguei lá vermelha-roxa-branca e comecei a tentar imprimir as coisas. Daí que aquela impressora também quis me sacanear um pouco, de leve, eu mandava e ela demorava para dar o comando... enfim, levei mais vários tapas nessa cara de advogadazinha procrastinadora.

Consegui imprimir tudo e saí correndo que nem uma maluca pela rua... cheguei ao fórum, subi as escadas... parecia que eu estava numa competição de algum reality show, tipo “prova do líder”. E, olha, eu não iria ganhar não. Me ferraria num Big Brother da vida, primeiro por não ser ágil e, segundo, por ser chata. Mas isso aqui não será objeto de discussão hoje, ok? Deixemos para falar da minha chatice numa próxima oportunidade, meus caros.

Cheguei até o hall de espera do setor de conciliação, mais uma vez, com aquela cor vemelha-roxa-branca, às 10:27, para perceber que a pauta estava atrasada. Ufa! Consegui me recuperar um pouco, tomar uma água... respirar, voltar a uma cor normal e apresentável para a sociedade e repensar toda a minha vida e as coisas que eu já passei por ser enrolada assim.

Será que eu preciso viver assim? Nesse stress? Por que eu faço isso comigo? Será que só vou aprender quando tomar uma revelia ou perder um prazo de um processo? Fui chamada para a audiência, tudo ocorreu bem e nem parecia que eu havia quase enfartado alguns minutos antes (mentira... deu pra perceber sim... as pessoas perguntaram o porquê de eu estar ofegante). Saí da audiência, voltei às minhas atividades e continuei com a minha vida normal... cumprir meus prazos, fazer minhas coisas e procrastinar.

Mas eu juro que estou tentando parar com isso. “Só por hoje eu não procrastinei”. Porque ontem eu procrastinei e anteontem, e anteanteontem. E você? Também deixa tudo para a última hora? Como você se sente com isso? Deixe seu relato aqui e vamos nos ajudar! Faremos uma terapia em grupo, meu povo! Beijos e até semana que vem!

Assinatura Carol

29/10/2014

CORINTHIANS QUER PROCESSAR TORCEDORES CORINTIANOS QUE BRIGARAM EM SEU ESTÁDIO

O presidente do Corinthians, Mário Gobbi, acionou o departamento jurídico do clube para iniciar processo na Justiça contra o torcedor Tiago Aurélio dos Santos Ferreira, que ficou preso em Oruro em 2013 acusado de ligação na morte do boliviano Kevin Espada. A informação foi apresentada pelo O Estado de S. Paulo.

De acordo com a publicação, o Corinthians quer ser ressarcido pelos prejuízos causados na briga ocorrida na arquibancada do Itaquerão no clássico Corinthians x São Paulo, em 21 de setembro, em que Tiago foi flagrado na confusão.

Em virtude da briga, o clube paulista foi multado pelo STJD em R$ 50 mil. O Corinthians quer recuperar esse valor na Justiça processando Tiago.

"Vou determinar ao departamento jurídico que entre com uma ação. Vou procurar saber quem é, pedir para o jurídico verificar e buscar a Justiça", disse Gobbi ao jornal.

TORCEDOR

Tiago é líder de uma torcida uniformizada do Corinthians. Seu histórico de confusões é extenso. Ele ficou preso com outros 11 corintianos na Bolívia. Curiosamente, sua liberdade só foi possível graças à intervenção do Corinthians, que indenizou a famíia de Kevin Espada, fato que possibilitou o retorno dos torcedores ao Brasil.

Tiago foi um dos torcedores que participou da invasão ao CT do Corinthians em fevereiro. Sua última ocorrência aconteceu na briga entre torcedores corintianos no clássico entre Corinthians x São Paulo, em Itaquera. O time alvinegro foi multado e também perdeu um mando de campo no Brasileirão.

Fonte: UOL

CONHEÇA OS 10 SERIADOS QUE TE AJUDARÃO NO CURSO DE DIREITO

Quando se pensa no curso de Direito, a primeira coisa que vem à mente são livros e mais livros. Essa associação está correta – deve-se ler muito – mas na sociedade digital que vivemos, não há como não curtir a gigantesca onda de seriados que veio para ficar.

Para ajudar a conciliar esta febre com seus estudos, listamos os 10 seriados que serão aproveitados nas suas provas. De comédias a intensos dramas, são sequências que se relacionam com pelo menos uma matéria de seu curso.

As séries estão dispostas com a seguinte lógica: as primeiras tratam sobre formação de sociedade – sociologia, filosofia, ciência política – seguida da série sobre ética, moral e formação de leis. Em seguida, seriados que se passam nos tribunais e, por último, sobre técnicas forenses. Confira a lista: the-walking-dead1. The Walking Dead

Sim, você nem imaginava, mas a série mais legal de todos os tempos (opinião passional, confessamos) te ajuda muito no curso da graduação.

The Walking Dead é fundamental para os primeiros anos da Faculdade, pois o cenário pós apocalíptico cheio de zumbis, antes de tudo, leva ao dilema da construção de uma nova sociedade, assentada sob outros princípios e valores. No caso da sociedade guiada pelo detetive Rick a propriedade privada se torna efêmera e a vida alheia é um mero detalhe quando buscam apenas a sobrevivência.

A 5ª temporada estreou na última semana e, ao passo que o tempo enfraquece zumbis, o agrupamento de seres humanos se torna o grande problema. A série, então, retrata questões de ciência política, como a formação de estados, relações de poder e disseminação do medo. Assista e vá longe nos pensamentos, tem teoria a perder de vista.

lost2. Lost

O pano de fundo de Lost é semelhante ao de The Walking Dead – a construção de uma nova sociedade. Ao invés de zumbis, uma ilha para ser levantada como estado.

Para os cientistas políticos, indispensável prestar atenção nos atores principais: cada um representa um filósofo (Rousseau, Locke, Hobbes e por aí vai). A formação de estado acompanha processos legislativos – códigos de condutas, punições, entre outros mecanismos de organização de sociedade.

A série já chegou ao seu fim, portanto, muito cuidado ao pesquisar sobre, para não se deparar com spoilers.

breaking-bad3. Breaking Bad

O seriado que marcou a “Série de Ouro” da televisão norte-americana carrega consigo profunda reflexão acerca de posturas maniqueístas próprias do Direito. Em Breaking Bad, ninguém é 100% bonzinho ou malvado. Tudo é um enorme cinza nos personagens, os quais desenvolvem outras personalidades e violam valores ético-morais quando conveniente e necessário.

A enorme maioria dos personagens são “cidadãos de bem”, mas que, muitas vezes não encontram nenhum problema para cruzar a fronteira da legalidade.

Na série, ainda, é possível aprender com o personagem Saul Goodman , um advogado canastrão protagonista da propaganda de advocacia mais engraçada de todos os tempos – veja vídeo abaixo.

A série acaba magistralmente na 5ª temporada e vale cada minuto de reflexão.

house-of-cards4. House of Cards

Frank Underwood, interpretado por Kevin Spacey, marca presença na sua prova de direito, a qual, normalmente, trata sobre memorização e interpretação de leis.

E é no nascimento dessas leis que entra House of Cards. A série retrata o elemento jurígeno, isto é, a criação do direito aplicado. O processo de elaboração, trâmite e votação de processos legislativos, tudo regado a muita vaidade e lobby – série é preciosa para entender um pouco sobre algo que não nos explicam muito nas salas de aula, isto é, as influências de empresas a parlamentares.

Sempre que seu professor ou professora falar da “mens legis” (intenção do legislador na aprovação da lei) lembre-se: nem sempre ela é das melhores.

boston-legal5. Boston Legal

Para quem se identifica com a defesa, sem dúvidas é uma das séries mais divertidas para assistir. O seriado se passa no escritório Crane, Poole & Schmidt, a banca mais tradicional e conceituada de Boston.

O pitoresco Denny Crane, já muito velho e vivendo apenas da reputação faz dupla com o brilhante Alan Shore, praticamente sua versão mais nova. A série não se furta de enfrentar de nenhuma polêmica, curiosamente semelhante com as brasileiras (aborto, drogas, crimes de mídia). Além disso, as atuações – principalmente de James Spader, que interpreta Shore – ensinam muito sobre retórica.

Uma coisa interessante sobre Boston Legal é a possibilidade de (assim como seriados como Seinfeld e Friends) de assistir um episódio avulso sem precisar ter acompanhado a série inteira.

law-and-order6. Law and Order SVU

Se Boston Legal é ideal para quem se identifica com a defesa, Law and Order SVU (Special Victims Unit) é próprio para quem tem apreço pela acusação. Dentre todas as ramificações de Law and Order – NY, Los Angeles, Miami – a SVU sai na frente nos quesitos produção e interpretação.

No entanto, só é possível adaptar os padrões de investigação norte-americanos aos brasileiros nas telinhas, tendo em vista que a polícia está muito longe de qualquer padrão de qualidade, tanto técnica quanto de tempo em investigações cotidianas.

A série trata apenas de crimes sexuais e é um prato cheio para quem deseja se especializar no assunto.

Como todos os ramos de Law and Order escritos por Dick Wolf, a série chega neste ano com mais de uma década no ar.

suits7. Suits

Suits é outra opção para curtir o mundo dos escritórios em um clima bem tranquilo. A série retrata o cotidiano do escritório Pearson & Specter, em Nova York, sendo referência aos alunos que se apaixonam pela defesa.

Dois advogados protagonistas, Mike Ross e Harvey Specter, compõe a diferentes modos de atuação nos tribunais e no escritório. Assim como Boston Legal, a série é interessante para acompanhar discussões de casos de um modo bem sarcástico.

Suits chega a sua 5ª temporada. Diferente de Boston Legal, o roteiro é bem amarrado, então para acompanhar a série precisa ver do primeiro ao último episódio.

the-good-wife8. The Good Wife

The Good Wife retrata a rotina da advogada heroína Alicia que retoma a vida profissional depois de anos como dona de casa, tudo em razão de escândalo sexual envolvendo seu marido.

Ao contrário de Suits e Boston Legal, The Good Wife retrata um seriado mais sério e maduro. Além dos aspectos inerentes em séries de escritórios de advocacia – casos, defesas e tribunais - a série trata do papel da mulher no mercado de trabalho, tanto no escritório de advocacia, como também nos ambientes forenses.

Então, para entender um pouco da condição feminina, dos papéis da mulher na sociedade moderna e desenvolvida, no mercado de trabalho, em ambientes forenses, muitas vezes machistas, além de se entreter com o clássico de seriados sobre advocacia, The Good Wife é uma excelente pedida.

lie-to-me09. Lie to me

A série é fundamental aos fiéis da verdade real no processo brasileiro. O roteiro é auto-explicativo: uma equipe de investigações especializada em analisar e detectar mentiras em depoimentos. Liderado pelo Dr. Cal Lightman (muito bem interpretado por Tim Roth), o grupo presta serviços a empresas, pessoas e… a polícia!

O enredo, portanto, é fundamental para saber um pouco sobre comportamento de testemunha, traços de mentiras, sendo, em última análise, voltado muito à psicologia – saiba que provavelmente você estudará psicologia jurídica no último ano da faculdade. Por isso, Lie to Me não te ajudará apenas na prova e na faculdade, como também na vida. Já tentou puxar uma conversa sobre linguagem corporal em um bar? É infalível…

dexter10. Dexter

Um assassino em série que trabalha na polícia de Miami vai te ajudar na prova? Sim! Dexter não se trata apenas dos dilemas e aventuras do perito policial, mas também uma verdadeira aula de medicina forense.

Dexter possui uma código muito simples (calma, não é spoiler, trata-se de algo dito nos primeiros minutos do seriado): somente mata aqueles que são culpados e escaparam impunes de seus crimes. Logo, por trás da sua filosofia justiceira, a medicina forense entra com tudo nas investigações que Dexter realiza para comprovar a culpabilidade da vítima. Um detalhe: ele é obsessivo, portanto, se prepara para exames de DNA, colheita de provas nos mínimos detalhes e sangue, muito sangue.

O seriado foi até a 9ª temporada, mas avisamos desde já sobre a decadência: se você assistir até a 5ª, não perderá nada depois.

Fonte: Justificando

AQUI NÃO! PEDE JUSTIÇA GRATUITA E VIAJA PRA NOVA IORQUE? RECOLHA AS CUSTAS IMEDIATAMENTE

Longe de mim criticar a postura de um colega de profissão, mas tem uns nobres colegas que merecem umas críticas.

Vejamos por exemplo um caso específico:

O cliente te procura, pede pra que você ingresse com uma ação, mas diz que não tem grana pra arcar com as custas processuais. Você, advogado, não pergunta quanto seu cliente ganha e nem nada, imprime uma folha falando que ele é pobre e junta no processo.

Até aí tudo bem!

Só que aí, você, advogado genial, junta logo em seguida uma petição pedindo urgência no julgamento da tutela antecipada, pois o seu cliente está de viagem marcada para Nova Iorque e precisa do nome limpo pra aumentar o limite do cartão de crédito.

Observe agora o despacho judicial:

cats

Lendo a decisão eu só posso dizer uma coisa: se fode ai trouxa!

28/10/2014

PREFEITO APRESENTOU DEFESA EM FORMA DE REPENTE E O TRIBUNAL RESPONDEU DA MESMA FORMA

Em uma cidade conhecida como Belém do Piauí, no semi árido do Nordeste existia um radialista que se tornou prefeito.

Diziam que o prefeito gostava de arregaçar as mangas e fazer todo o trabalho, porém, quando Antônio Gomes de Sousa, , prefeito da cidade recebeu uma notificação para se defender no Tribunal de Contas do Estado em razão de algumas irregularidades quanto à data de entrega dos balanços, o prefeito resolveu mostrar seus dotes de repentista e fez a sua própria defesa em forma de verso:

Entrego as contas atrasadas
Sou muito despercebido
Claro que não sou corrupto
Pois corrupto é precavido
Quem é corrupto e ladrão
Faz tudo na prevenção
Pra não cair no cacete
Camufla patifarias
No Tribunal tá em dia
Não atrasa balancetes.

Até aí beleza, mas o que ficou mais legal e divertido é que o pessoal do Tribunal de Contas entrou na onda e fez a resposta também em Repente:

Estou muito satisfeito
Pela sua atenção
De parabéns o prefeito
Que cumpriu a obrigação
Ao Tribunal prestou contas
E ficou livre da bronca
Não tem mais intervenção
O senhor sofreu um pouco
Seu prefeito de Belém
Sei que passou por sufoco
E isso não lhe convém
Pois traga as contas em dia
Pra não ter mais correria
Digo isso “pro” seu bem.

REPENTE

Contudo, ao final do mandato, o prefeito foi notificado a devolver quase dois milhões de reais e novamente fez a defesa em forma de música nordestina:

Entrego as contas atrasadas
Mas vou contar minha história
É que assessor de prefeito
Parece não ter memória
Quando o sujeito é prefeito
Tem babão de todo jeito
Mas quando o mandato acaba
Eles vão pra outro caminho
E você fica sozinho
Igual um louro na taba

Pra fechar um balancete
Você enfrenta loucura
Quem devia lhe ajudar
É quem fica com frescura
Muitos não tão nem aí
Você igual a sagüi
Pula aqui, pula acolá
Começa a viver sem trégua
E esses fios dumas égua
Nem dão bolas pra o azar

Ainda vem o Tribunal
Falando em devolução
Devolvo se eu receber
O que foi pra população
Tem que ter ressarcimento
De todo o melhoramento
Que engrandeceu Belém
Como isso não tem mais jeito
Eu não tenho nenhum direito
De devolver um vintém

O dinheiro foi empregado
Em saúde e educação
Abrangeu o social
Onde a maior ação
Construção e calçamento
Enorme melhoramento
Quando falo me comovo
Fato que me faz crescer
Como é que eu vou devolver
Se tudo estar com o povo

Sei que sou bem descansado
Lesado e muito tungão
Mais garanto com firmeza
Eu não sou corrupto, não
Posso ser desprecavido
Bastante despercebido
No fato não ter razão
Foi uma infelicidade
Quem faz erros sem maldade
Não merece punição

Parece que dessa vez não deu muito certo não e a resposta não veio em forma musical e parece que não agradou muito o então prefeito.

GANHOU A AÇÃO DE REMÉDIOS DE ALTO CUSTO E NÃO FOI BUSCAR. O DESEMBARGADOR NEM LIGA!

Foi publicado recentemente pelo TJ/MG acórdão que concedeu a segurança e determinou o fornecimento de medicamento ao impetrante.

A Advocacia Geral do Estado aviou recurso especial e ao mesmo tempo peticionou nos autos para informar que, a despeito do deferimento anterior da liminar, a parte não buscava o medicamento desde fevereiro de 2009. Por isso, solicitou ao desembargador relator que fosse intimado o impetrante, para dizer se ainda possuía interesse no medicamento. Caso contrário, a Secretaria de Saúde poderia dar a ele outra destinação.

E o desembargador respondeu : "O que que eu posso fazer. O remédio não é meu."

  • Veja abaixo :

Fonte: Migalhas

ADVOGADA DIZ QUE NORDESTINO FICA NA REDE ESPERANDO BOLSA FAMILIA ENQUANTO O SUL TRABALHA

Vergonhosa. Foi assim que a advogada Gisela Novaes do Canto, de 44 anos, reagiu ao saber da reeleição de Dilma Rousseff(PT) enquanto acompanhava a apuração das urnas no diretório estadual do PSDB em Indianopolis, bairro da zona sul da capital paulista, neste domingo (26).

Gisela não descarta ter havido fraude na eleição. Para a advogada, o Norte e o Nordeste do Brasil optaram pela permanência de Dilma no poder por causa de programas sociais como o Bolsa Família.

"É uma vergonha. Eles [PT] tomaram conta do Brasil porque ajudam as pessoas que não querem trabalhar com uma mesada. Enquanto os nordestinos ficam deitados em uma rede esperando o Bolsa Família, o Sul trabalha para sustentar o País. É um absurdo", afirmou.

Enquanto falava com o iG, um amigo de Gisela a puxou pela mão pedindo para que ela se acalmasse e tomasse cuidado com as palavras. Mesmo assim, visivelmente irritada, a advogada disparou contra o Norte. Para ela, a região optou pela decisão mais cômoda para o Brasil.

adv

"Ela [Dilma] fez parte do primeiro partido comunista do País. Dilma , para mim, nunca foi uma revolucionária. Ela era terrorista", definiu Gisela.

Alternância de poder

Menos irritada do que a advogada , mas com os olhos inchados e lacrimejando, a empresária Delviene Gurgel, de 44 anos, explicou que o ar cabisbaixo não era resquício apenas da derrota de Aécio Neves (PSDB) nas urnas: era resultado de uma caminhada de vários meses com o objetivo de ver "alternância de poder no País".

"Deixei minha família, meus filhos de lado para ir às ruas. Vesti a camisa do partido e hoje estou derrotada", avaliou.

Baiana de Salvador, a nordestina explica que lamenta a decisão de seus conterrâneos que, segundo ela, se deixaram convencer por programas sociais em vez de analisar o futuro do Brasil.

"Não tenho vergonha da minha terra. Mas lamento por eles [nordestinos]", disse. "Por dinheiro de pinga o Collor [Fernando Collor de Melo] sofreu impeachment", sugeriu.

Militante do PSDB pela primeira vez, a produtora de eventos Fernanda de Castro, de 35 anos, definiu as eleições como uma onda de extremos.

"Fui ao céu quando o Aecio foi para o segundo turno e agora estou em cacos. Tenho um filho para sustentar e não sei o que será do futuro dele com essa visão do povo brasileiro", disse ela.

Fonte: IG

Receba por e-mail

Organizações N.E.D.: Não Entendo Direito - Entendo Direito - Desenvolvido por Templateism